>> Secretaria de Saúde alerta população para o aumento de casos de dengue em Dom Aquino


O município de Dom Aquino registrou uma explosão no número de casos de dengue, nesse mês de maio e nesse ano de 2020. Com o aumento, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio dos Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias,  realizará uma campanha educativa, com busca ativa de pessoas que possivelmente tiveram os sintomas, e não procurou a Unidade  Básica de Saúde devido ao momento de pandemia.

De acordo com dados da SMS, de janeiro a maio são 89 notificações de dengue, além de um de chikungunya, sendo seis no mês de janeiro, duas notificações em fevereiro, oito em março, 21 em abril e maio fechou com 52 notificações. Por região, na Unidade Básica de Saúde no bairro Esportivo foram 60 casos, na UBS  Planaltina 14 notificações, na UBS em Entre Rios com 12, e atendimento na unidade hospitalar três casos. 

A Secretaria Municipal de Saúde prevê para este ano cinco epidemias simultâneas, são elas: coronavírus, que é uma novidade; a Influenza, que é uma rotina, todo ano tem casos e que tem vacina; o pico de dengue, Chikungunya e o zika vírus. A recomendação é que aproveite a quarentena para, também, proteger  contra o mosquito Aedes aegypti - transmissor da febre amarela, dengue, Chikungunya e o zika vírus. Cada pessoa é responsável e precisa uma vez por semana fazer vistorias na sua casa e no seu quintal para evitar focos do mosquito.

“Diante desta situação vamos monitorar a saúde da população através do telefone ligando para as pessoas, evitando assim aglomerações nas UBSs estaremos disponibilizando o agendamento através do telefone para consulta. Todos os casos suspeitos de dengue devem ser notificados, pois o bloqueio químico só poderá ser realizado mediante a notificação, onde será realizado de seis a nove quadras ao redor do local da notificação”, frisou a coordenadora da Atenção Básica e Vigilância Epidemiológica, enfermeira Neusa Souza.

Dados comprovam que 80% dos criadouros do mosquito Aedes aegypti estão nos domicílios. A ação de controle é necessária, sendo que a mudança começa dentro de casa, proteja a sua família, limpe o seu quintal não deixe água parada e fique atento para os sinais e sintomas da dengue.

“Para combater o mosquito Aedes Aegypti, nós profissionais da Saúde, vamos precisar dos parceiros e da comunidade em geral, temos que nos unirmos, mas cada um na sua casa. Sabemos que outras doenças são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti como: A Febre amarela, Dengue, Chikungunya e o Zika vírus.

Apesar das restrições de isolamento e distanciamento social, os ACE e ACS (seguindo a recomendação do MS de manter uma distância de um metro e meio entre eles e os moradores, e não realizar atividades dentro das casas, somente no Peri domicílio) estão realizando orientações nas visitas domiciliares de casa em casa com o objetivo de informar, prevenir e eliminar focos do mosquito transmissor e repassar informações sobre as formas de combater o mosquito, além de aplicação de produtos químicos e remoção de criadouros a cada 30 dias nos pontos estratégicos (borracharias, cemitério, ferro velhos e dentre outros).

 “Vale lembrar que estamos enfrentando uma pandemia do COVID-19, que às vezes a semelhança dos sintomas precise de uma orientação do profissional de saúde. O mês de maio fechou com 23 notificações e 05 casos confirmados de COVID-19.”, concluiu Neusa

Publicado em 10/06/2020

Fonte: Assessoria de Imprensa

2020 © Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Dom Aquino - Mato Grosso - CEP: 78830-000